23 de outubro de 2016

Resoluções UFPR - 1ª fase 2016/2017



A abordagem da questão é a intenção do autor: de fazer uma analogia entre o conhecimento sobre os espaços geográficos e a História e o conhecimento científico necessário para a compreensão do surgimento do nosso planeta.

','


Nessa questão, abordou-se o uso anafórico do pronome demonstrativo “isso”, ou seja, a ligação de tal pronome com uma ideia anterior a ele no texto. Por conta disso, o que “implica responder perguntas...” é o “formular novas teorias...”.

','


A expressão “quase um ponto fora da curva” remete a algo raro; no caso do texto de apoio essa referência se dá pelo fato de nosso planeta “ser rochoso”, como está explícitono último período do 2º parágrafo.

','


Esse teste abordou conceitos de regência verbal. Nos itens 1 e 2, era necessário colocar a preposição “em” antes do pronome relativo devido à regência dos verbos “morar” (morar em algum lugar) e “confiar” (confiar em algo). Nos demais itens, os verbos não exigiam preposição.

','


O exercício enfatizou a variação linguística histórica. Baseando-se em duas estrofes de Gonçalves Dias (séc. XIX), comparou a linguagem da época com a linguagem atual, abordando conceitos de acentuação gráfica e conjugação verbal.

Item 1: “temíveis” e “glória” são exemplos de palavras acentuadas por se tratarem de paroxítonas terminadas em ditongo, porém no poema de Gonçalves Dias aparecem sem acento.
Item 2: nas duas estrofes, os verbos apresentados estão apenas no presente do indicativo.
Item 3: na época, a 3ª p. do plural se grafava com “-ão”, como em “assombrão” e “cantão”; hoje, porém, tais grafias são com “-am”: “assombram” e “cantam”.
Item 4: os monossílabos tônicos terminados em “a”, “e” e “o” devem receber acento gráfico. Por conta disso, a palavra “já”, acentuada no texto de Gonçalves Dias, é um exemplo de monossílabo que continua acentuado atualmente.

','


O texto “Sermão de Santo Antônio aos Peixes”, de Pe. Antônio Vieira trata das causas para o “não fazer fruto a palavra de Deus”, presentes em outros de seus textos; assim todas as alternativas são verdadeiras pela observação da relação entre elas e as seguintes partes do texto:

1. Os pregadores não pregam o que deveriam pregar. = Ou é porque o sal não salga;
2. Os ouvintes se recusam a aceitar o que os pregadores pregam. = ou porque a terra se não deixa salgar;
3. Os pregadores não agem de acordo com os valores que pregam. = os pregadores dizem uma cousa e fazem outra;
4. Os ouvintes agem como os pregadores em vez de agir de acordo com o que eles pregam. = os ouvintes querem antes imitar o que eles fazem, que fazer o que dizem;
5. Os pregadores promovem a si mesmos na pregação ao invés de promover as palavras de Cristo. = os pregadores se pregam a si e não a Cristo;

','


Mais uma questão ancorada em texto literário, agora referente a um sermão de Antônio Vieira. Novamente, também, a linguística histórica esteve em debate.

Item 1: de fato, o pronome pessoal oblíquo átono aparecia antes da negação no português de Vieira, a exemplo do que ocorre no trecho “a não querem receber”.
Item 2: a conjunção “porque”, no texto, introduz explicações, por exemplo, para as hipóteses elencadas. Sua grafia, ademais, está correta.
Item 3: a conjunção “ou”, no texto, possui valor alternativo apenas, como em “Ou é porque o sal não salga, ou porque a terra se não deixa salgar”.

','


Ainda que seja uma questão de interpretação de texto, para responder esta questão o aluno precisava ter conhecimentos sobre Sociologia/Antropologia, principalmente o que diz respeito sobre Cultura Nacional e Identidade Cultural Regional.
A cultura brasileira é muito variada e não pode ser definida como única; a diferença do Brasil com outras nações está justamente nessa variação cultural. Nossa identidade não é uma só e as dimensões culturais e políticas, em particular, não têm caminhado juntas e nem remetem a um mesmo espírito.
A questão cobrada lembra-nos exatamente isto – as manifestações culturais observadas a partir da grande festa que se popularizou, o Carnaval, e com isso na Abertura dos Jogos Olímpicos, a região Sul do país sentiu-se desprestigiada.
O tema regionalismo como que ferramenta onde o estado ou a região cria a sua própria cultura tem sido assunto de debates nos últimos tempos. O Paraná, como exemplo, tem uma referência étnica muito variada, pois é um estado colonizado por várias culturas, mas mesmo assim tenta criar uma identidade única e eliminar as diferenças através do movimento “paranista”, que com o próprio hino retrata as vitórias nas fronteiras, momento em que o estado se consolida e anuncia o seu progresso.
Entretanto, mesmo com a criação da identidade regional, o texto citado aborda as dificuldades da cultura regional dentro do próprio espaço de manifestação. Ou seja, somos do sul, mas poucos sabemos do que se trata a Cultura do Sul. Somos do Paraná e pouco sabemos da cultura do caiçara, do fandango, entre outras.

','


O Rio Grande do Sul, quando o assunto é Identidade Cultural Regional, torna-se um grande exemplo da defesa do regionalismo. Basta perceber os Centros de Tradição Gaúcha espalhados pelo Brasil, onde o termo “gauchesco” é levado a sério. É muito mais que a cultura do chimarrão, das danças e dos vestuários. Ser gaúcho, além do que foi mencionado, ganha a ideia de arte, costumes, moral, aptidão e hábitos do povo rio-grandense por onde quer que ele esteja. Onde tem gaúcho, tem toda uma gama de identidade cultural regional. O povo do Rio Grande não apenas preserva sua tradição, como faz questão de resistir aos modelos que tradicionalmente representam a cultura brasileira.

Em tempo:
O texto da prova, foi trabalhado nas aulas de Sociologia, nos dias 16 e 17 de Setembro – Cultura, Aculturação, Contracultura e Indústria Cultural. Abordei inclusive o que é Cultura Regional e como o Rio Grande do Sul se destaca na região por defender suas práticas e manifestações culturais.

','


A aceitação do gabarito da questão, proposto pela UFPR, dando como incorretas as proposições 1 e 2 é acertada porque:
Em 1, o texto parte de um pretexto/ fato e não de uma tese;
Em 2, deve-se levar em conta que o texto como um todo tenta redimensionar a resposta para a pergunta proposta pelo título com base em argumentos das autoridades citadas ao longo do texto e, sobretudo, ao final dele, sem, contudo expressar uma opinião clara do autor, em qualquer momento.

','


O fato de o autor afirmar que seu livro não é evidente nega a afirmação “1. Os apaixonados pelo futebol anseiam há muito por uma abordagem sociológica do esporte.”, porque “quem se dedica a ler livros e especulações poucas vezes conhece o futebol por dentro. Pierre Bourdieu observa, por exemplo, que a sociologia esportiva é desdenhada pelos sociólogos e menosprezada pelos envolvidos com o esporte.”;
A afirmação “2. Pensar o futebol do ponto de vista intelectual é algo muito comum num país em que esse esporte é o mais apreciado, e é esse tratamento que predomina hoje em jornais e revistas.” é negada pelo texto no trecho “Viver o futebol dispensa pensá-lo”.
As demais (3. e 4.) estão respectivamente referenciadas no texto em “o futebol como o nó cego em que a cultura e a sociedade se expõem no seu ponto ao mesmo tempo mais visível e invisível. E esse não deixa de ser o tema deste livro”; e “Nesse caso, aqueles dois personagens a que nos referimos no começo podem se encontrar numa pessoa só. [...]”.

','


Nesta questão, bastaria para a compreensão de que somente a alternativa 3 é verdadeira a observação de que:
Em 1, não se trata do que “é desejável” e que outros vieses, no texto, também são aceitos;
Em 2, não há propriamente menção aos aspectos positivos e negativos: trata-se de uma abordagem científica do futebol em âmbito cultural e intelectual, sem juízo de valor sobre a existência do esporte;
Em 4, o texto mostra que o torcedor apaixonado é exatamente aquele pretende ler a notícia de jornal ou revista como já o faz.

','

Bela questão comparando as obras Fogo Morto e Clara dos Anjos.

A) Clara dos Anjos não é romance memorialístico pois é narrado em 3a pessoa; Fogo Morto não é considerado um texto intimista; antes, é um romance regionalista.
B) A obra de Lima Barreto possui narrador onisciente; as informações sobre Fogo Morto estão parcialmente corretas, mas não se pode dizer que há a investigação da alma das personagens. Tal expediente surge, de fato, na Geração de 45 e não na Geração de 30, período em que se encaixa o texto de José Lins do Rego.
C) "Previsão confirmada"! Como analisado em sala de aula, o papel da mulher na sociedade foi cobrado pela UFPR. As informações sobre Fogo Morto estão corretas. Quanto a Clara dos Anjos, ela não abandona a casa paterna.
D) CORRETA.
E) A narrativa de Fogo Morto ocorre no interior da Paraíba.

','

A) As descrições dos ambientes e dos personagens estão presentes nas rubricas.
B) Os pensamentos de Gainer a respeito dos brasileiros, por exemplo, tornam esse item incorreto.
C) As inovações de Gainer são ironizadas, em especial, por Felício.
D) A peça não aborda temas "tecnológicos" e as mulheres, sim, participam da peça, cite-se Clemência (esposa de Alberto) e Mariquinha (a mocinha da peça).
E) CORRETA. Outra "previsão" feita em sala e confirmada hoje.

','


A) "Previsão confirmada"! O adultério em Machado de Assis... ambos os textos mencionados abordam esse tema. Porém, ao contrário do que afirma o enunciado, o adultério aparece, também, em A cartomante (confirmado) e A causa secreta (sugerido).
B) CORRETA.
C) Os desdobramentos de Dona Paula não são previsíveis. Pelo contrário, pode-se dizer que o final desse conto é "em aberto".
D) Não há digressões moralizantes a respeito do casamento nesses contos.
E) O conto de abertura da obra, A cartomante, por exemplo, inviabiliza a afirmativa dada pela banca.

','


Mais "previsões" confirmadas!! Alguns dos principais poemas de Últimos cantos estão presentes aqui.
1 - o ritmo variável está presente em I-Juca Pirama.
2 - em Leito de folhas verdes o amado, Jatir, abandona o eu lírico; em Marabá, a Índia mestiça é desprezada pelos índios de sua tribo.
3 - a Canção do Tamoio tem como subtítulo a expressão "natalícia". Trata-se de um pai conversando com seu filho, logo ao nascer.
4 - Correta. A temática religiosa presente na literatura romântica também está presente no poema mencionado pela UFPR.

','


A) Os peixes são comparados aos homens.
B) Segundo Vieira, o sal (palavra de Deus) não fertiliza a terra por ter sido mal pregada e/ou distorcida pelo pregador.
C) Vieira não foi lançado ao mar e nem foi resgatado pelos peixes.
D) A história de que Santo Antônio pregou aos peixes não é uma parábola. 
E) CORRETA. 

','


A) O pai do eu lírico já havia falecido no contexto do poema A mesa.
B) O ambiente da festa é de confraternização e alegria e não de perturbação.
C) vide item B.
D) CORRETA.
E) As informações sobre Encontro estão corretas e valem também para A mesa, já que o pai do eu lírico já havia falecido.

','

Declaração de Independência Haitiana – O enunciado apontava para o significado da Declaração para as Independências Americanas. São corretas as afirmações II e III: O Haiti foi a primeira das Repúblicas a se libertar da dominação europeia e abolir a escravidão. Foi dirigida por escravos libertos como Jacques Dessalines e Lowerture, além de mulatos inspirados pelos ideais da própria Revolução Francesa e da filosofia iluminista que pregava liberdade, igualdade e fraternidade. Alternativa correta: B

','


Conferência de Bandung – Questão esperada acerca do discurso de Nehru, que condenava o racismo, o colonialismo, mas defendia a autodeterminação dos povos e uma política de não alinhamento às grandes potências da Guerra Fria (EUA e URSS). Questão amplamente comentada em sala de aula e acertamos ‘’na mosca’’. Alternativa correta: A

','


Delação Premiada – Questão bastante atual com dois textos cuja leitura e interpretação levou à conclusão de que ambos realizam uma crítica à seletividade penal, ou seja, ainda que todos sejam iguais perante a lei, na prática o sistema penal é praticado de formas distintas de acordo com a classe social do acusado. Com relação ao caso Rafael Braga Vieira, preso no Rio de Janeiro de junho de 2013, acusado de portar material explosivo, com base em laudo pericial cuja conclusão foi de que o produto transportado era popularmente conhecido como ‘’pinho-sol’’. O instituto da Delação Premiada prevê ao delator benefícios como perdão judicial, redução da pena e substituição por penas restritivas de direito, utilizado recentemente em casos de corrupção. Alternativa correta: C

','


Guerra Justa – Na realidade constituiu invasão armada em territórios indígenas com a finalidade de capturar os silvícolas inclusive mulheres e crianças para utilizá-los como escravos. Alternativa correta: A

','


Revolução Industrial – Questão esperada acerca do contexto da Revolução Industrial. O texto se refere aos movimentos de trabalhadores que sofriam as consequências da Revolução Industrial, como por exemplo os luditas que destruíram as máquinas. Uma das características marcantes dessa Revolução foi o aumento populacional das cidades devido ao êxodo rural motivado pela criação de novos empregos nas indústrias. Alternativa correta: D

','


Figura feminina na Idade Média - A questão versava sobre a figura feminina na Idade Média. A mulher era considerada ‘’mãe do pecado’’. Vigorava nesse período uma forte influência católica, o alto poder do clero, a pouca mobilidade social e a perseguição aos considerados hereges. Alternativa correta: C

','


Jogos Olímpicos e Paralímpicos - Os jogos paraolímpicos foram inaugurados nos anos 60 na Europa como forma de reintegração de militares feridos na Segunda Guerra Mundial. Alternativa correta: D

','


Guerra do Contestado – Excelente questão. Contemplou o conflito entre sertanejos catarinenses e paranaenses e as forças do governo federal/local. Ressaltou a figura emblemática do monge José Maria, responsável pela feição messiânica do conflito. Alternativa correta: B

','


Questão Indígena na Ditadura Militar - Os silvícolas passaram a ser tratados como obstáculos para o desenvolvimento nacional, apesar de um novo período econômico que se iniciou no Brasil, com a construção de grandes obras. Alternativa correta: E

','


A formação geográfica e social na América do Sul não foi semelhante, uma vez que houve diferenças entre a América Espanhola e a América Portuguesa. Os acordos políticos e fronteiriços não se deram de forma coesa e convergente como foi o caso, por exemplo, da questão do Acre.
Apesar da globalização estar promovendo uma certa fragmentação das fronteiras econômicas ao passo que se constroem acordos comerciais bilaterais, as fronteiras políticas entre Estados Nacionais ainda se mantem tanto na América do Sul quanto no restante do mundo.
As relações transfronteiriças como a circulação capitais, mercadorias e serviços até podem estar subordinadas aos acordos comerciais como a do Mercosul e Tarifa Externa Comum, no entanto, a circulação de pessoas ainda estão subordinadas a política de segurança de cada estado nacional mostrando assim, que a fronteira política ainda é muito rígida onde, de fato, se defrontam comunidades político-geográficas diferentes com conflitos de múltiplas ordens.

','


Afirmativa 1 – Verdadeira - A questão que, há séculos, afeta os curdos é de cunho geopolítico e está relacionada ao território. Os curdos descendem de povos antigos que habitaram o Oriente Médio desde o século VII a.C. Com a formação do Império Otomano o povo curdo foi separado, dissipando-se assim por várias partes do mundo tonando-se o grupo étnico considerado o maior a maior nação sem pátria do mundo.
Afirmativa 2 – Verdadeira - Com o fim da Segunda Guerra Mundial, as principais potências vencedoras definiram novos tratados político-territoriais para a região do Oriente Médio, e um deles, foram traçadas as fronteiras do Curdistão, cuja localização foi definida entre os territórios da Turquia, Síria, Iraque e Irã. Mas se país dos curdos fosse implantado concretamente, seus vizinhos perderiam grande parte de sua principal fonte de renda, o petróleo, o que explica a enorme resistência para a efetiva implantação do novo país e mostrando que fronteiras étnicas e culturais entre Estados nem sempre são convergentes.
Afirmativa 3 – Como dito na justificativa da afirmativa 2 se país dos curdos fosse implantado concretamente, seus vizinhos perderiam grande parte de sua principal fonte de renda, o petróleo, o que explica a enorme resistência para a efetiva implantação do novo país.

','


Alternativa 1: falsa, as nuvens ainda são um fator limitante, principalmente se forem densas.
Alternativa 2: falsa, o Brasil ainda constrói satélites imageadores, principalmente ligados ao monitoramento meteorológico e o uso do solo. Vale salientar a existência do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), órgão perfeitamente relacionado à utilização de imagens de satélites.
Alternativa 3: verdadeira.

','


Alternativa 1: falsa, as informações de um mapa não se tornam obsoletas, mesmo quando um objetivo específico é cumprido. Esse mapa ainda pode ser usado como fonte de diversos estudos.
Alternativa 2: verdadeira
Alternativa 3: verdadeira
Alternativa 4: falsa, a informação não condiz com o texto, sem relação com a questão de dispensar o uso em papel. O texto usa o termo “enrolem esse mapa” devido uma campanha militar frustrada.

','


Alternativa 1: verdadeira
Alternativa 2: verdadeira
Alternativa 3: falsa, o Estatuto das Cidades tem por objetivo o planejamento urbano levando-se em conta os aspectos ambientais. A participação da sociedade nesse processo é algo previsto no Estatuto.
Alternativa 4: verdadeira

','


A Política Nacional de Desenvolvimento Regional tem o duplo propósito de reduzir as desigualdades regionais e de ativar os potenciais de desenvolvimento das regiões brasileiras como atestado na afirmativa A. Apesar de ocorrer investimentos industriais em áreas periféricas tentando se aproveitar a mão de obra barata estas áreas não superam o crescimento dos centros produtivos. O crescimento médio anual do PIB nordestino no período 1965/80 foi superior ao de todos os grupos de países definidos pelo Banco Mundial. A Região Norte do País teve certo desempenho positivo do seu PIB sugerindo que houve, pelo menos até 2008, de recuperação da indústria do País, majoritariamente concentrada no Sudeste e parte da Região Norte, em virtude da produção no polo industrial de Manaus (AM). Contudo, não foi pela elevação dos preços internacionais de produtos industrializados e sim em razão da política cambial desfavorável ao país que impulsionaram as exportações. Como dito anteriormente, O PIB do Nordeste cresce a taxas superiores às do PIB nacional, mas em razão de possuir mão de obra barata que em alguns momentos atraiu investimentos e não por investimentos em obras contra a seca, como no caso da transposição do rio São Francisco.

','


A Agroecologia, é uma produção que tende a reduzir os impactos ambientais causados pela agricultura e pecuária. Foi mencionada pela primeira vez na Rússia em 1928, contudo utilizada no mundo após a década de 1970, após conferências ambientais e foi introduzida no Brasil após a década de 1980. A não utilização de organismos geneticamente modificados aliada a degradação mínima dos recursos naturais são algumas das características da agroecologia.

','


Letra A: o El Niño não é produzido pelas atividades humanas, sendo caracterizado como uma mudança climática natural.
Letra B: verdadeira
Letra C: o fenômeno não possui nenhuma relação com atividades sísmicas, ou seja, geológicas.
Letra D: não há relação do El Niño com a variação da atividade solar.
Letra E: durante os períodos de El Niño, a região Nordeste passa por secas severas, todavia essa mudança climática não é a responsável pela existência do clima semiárido no sertão. As secas fazem parte do comportamento climático natural dessa porção do nordeste, o El niño não produz o clima.

','


Letra A: as mudanças demográficas que o Brasil vem passando não possuem relação com a teoria malthusiana, que era antinatalista e alertava o planeta do descompasso entre crescimento populacional e produção de alimentos.
Letra B: a queda da taxa de natalidade nas últimas décadas realmente aconteceu, e está intimanente relacionada com a redução das taxas de crescimento da população. Quando analisamos essa redução de crescimento a explicação se encontra na diminuição da natalidade e fertilidade, além do aumento da expectativa de vida, ou seja, a vinda de migrantes e refugiados ainda não possuem grande influência esse processo.
Letra C: o Brasil não utiliza políticas de controle de natalidade.
Letra D: a densidade demográfica não se relaciona com o crescimento populacional, pois abarca apenas a concentração da população numa determinada área, sem interferir diretamente na população absoluta.
Letra E: verdadeira

','


Questão que cobrava conhecimento direto e puramente conteudista da organogênese. Músculos estriados são formados a partir da mesoderme embrionária, portanto expressarão certos genes; enquanto que a epiderme é formada a partir da ectoderme embrionária, expressando outro conjunto de genes em sua formação. Tais diferenças nas expressões gênicas são refletidos nas colorações diferentes presentes nos tecidos formados pelos diferentes folhetos embrionários. Há uma leve menção à epigenética nesta questão!

','


O armazenamento na forma de lipídeos é vantajoso pela grande quantidade de energia armazenada por grama lipídica. A desvantagem vem do fato de a maioria dos lipídeos serem hidrofóbicos, sendo difícil a extração de energia por reações de hidrólise, a partir destes compostos. E são justamente esses os motivos de eles serem uma melhor reserva, a dificuldade de liberação de energia por reações d hidrólise e a quantidade de energia estocada por grama de tecido.

RESSALVA: uma possível resposta ao comando da questão (“O armazenamento de lipídeos é vantajoso sobre o de carboidratos pelo fato de os primeiros terem a característica de serem:”) SERIA RELACIONADO AO QUANTO DE ENERGIA HÁ NAS LIGAÇÕES DAS MOLÉCULAS DE GORDURA – 1g DE GORDURA CONTÉM MAIS QUE O DOBRO DE ENERGIA DO QUE A MESMA MASSA DE CARBOIDRATO! (Campbell et alli, BIOLOGIA, ARTMED)! Infelizmente a resposta mais adequada correspondia a de que os lipídeos são moléculas hidrofóbicas!

','


A luz nesse caso atua como fator limitante da fotossíntese. A região de Manaus apresenta uma maior taxa de intensidade luminosa do que a região de Buenos Aires, portanto a fotossintese das macrófitas é maior na região com maior intensidade luminosa. Os dois gráficos devem indicar as curvas de fotossíntese crescentes, com maior intensidade nas condições de insolação de Manaus.

RESSALVA: o termo MACRÓFITAS – plantas dulcícolas - usado na questão não é costumeiramente encontrado em materiais do ensino médio de Biologia, o que poderia dificultar a resolução da questão!

','


A seleção natural pode ser de três tipos: Direcional – quando favorece um fenótipo extremo; Estabilizadora – quando favorece fenótipos intermediários e Disruptiva – quando favorece os dois fenótipos extremos. A população I apresenta animais claros, e a população II animais escuros, portanto a seleção favoreceu os dois fenótipos extremos. Ainda nesse caso com o tempo pode acontecer especiação simpátrica, na qual se formam espécies novas sem isolamento geográfico.

','


( ) Verdadeira. Transgênicos são organismos geneticamente modificados possuidores de DNA exógeno (de outra espécie).
( ) Falsa. Considerando a tecnologia para a obtenção de transgênicos, insere-se o transgene na célula-ovo ou zigoto da espécie-alvo, fazendo com que todas as suas células, somáticas e germinativas, possuam o transgene.
( ) Verdadeira. Trata-se da base do Dogma Central atual da Biologia Molecular: DNA transcreve RNA que traduz proteínas, como a GFP.
( ) Falsa. Foi transferido apenas um gene, não o núcleo todo como em um processo de clonagem.

','


','


Comentários sobre cada afirmativa:
1. Ressalva – os animais mais simples, como poríferos, cnidários, platelmintes e nematelmintes não possuem órgãos nem mesmo sistema respiratório e sim apenas realizam trocas gasosas pela superfície corpórea e, depois, realizam respiração celular (ruppert et alli, zoologia dos invertebrados, editora roca; brusca & brusca, invertebrados, guanabara koogan; hill et alli, fisiologia animal, Artmed).

2. De acordo com a evolução dos animais bilaterais, inclui-se o filo echinodermata, o qual possui larvas com simetria primária evolutivamente bilateral e, muitos representantes, mas não todos, possuem simetria radial secundária, como espécies de estrela-do-mar, ouriço-do-mar etc.

3. Girinos são formas larvais de anfíbios anuros, os quais, possuem brânquias para realizarem as suas trocas gasosas. Quando tais larvas realizam a metamorfose, processo coordenado por hormônios tireoidianos, as brânquias sofrem regressão gradual e, em seu local, desenvolvem-se pulmões (30% da respiração do animal) e também se mantêm a respiração cutânea (70% da respiração do animal) já iniciada na fase larval.

4. Na dieta das larvas (“lagartas”) de borboletas, há basicamente o consumo de folhas (herbivoria), enquanto os adultos se alimentam de néctar (nectarívoros). Essa foi uma ótima estratégia evolutiva, pois assim tais animais não competem pelo mesmo recurso (um dos pontos favoráveis à explicação da grande biodiversidade do filo arthropoda!)

5. Larvas presentes e em grande abundância no zooplâncton, como exemplificado pelas larvas de crustáceos, possuem deslocamento – definição de seres planctônicos: seres que possuem até certa mobilidade, porém acabam sendo arrastados pela correnteza, tanto marinha quanto dulcícola. E quanto aos crustáceos, salvo pelas cracas e algumas poucas espécies parasitas, tal grupo de artrópodes é eminentemente móvel, deslocando-se pelo substrato bentônico ou nadando na superfície ou coluna d´água. Assim, o hábito séssil – imóvel, fixo - não se relaciona nem com as larvas nem com os adultos de um modo geral.

','

Tal questão trata do sistema angiotensina- renina-aldosterona (SRAA): o processo se inicia com a percepção da pressão baixa pela arteríola renal aferente, a qual libera a enzima renina que promove a conversão do angiotensinogênio em angiotensina I que é convertida em angiotensina II. Esta substãncia promove estímulo no córtex das adrenais ou suprarrenais, liberando o hormônio aldosterona. Tal substância age no néfron, especificamente no túbulo contorcido distal e no ducto coletor, promovendo a reabsorção de sódio (retorno ao sangue) e leve secreção de potássio (liberação posterior pela urina). A angiotensina II também estimula a neuro-hipófise a liberar o hormônio ADH ou vasopressina, o qual promove reabsorção de água, atuando também no túbulo contorcido distal e no ducto coletor. E ainda o hormônio angiotensina II estimula a vasoconstrição das arteríolas.
Tais procedimentos promovidos pela angiotensina II geram um aumento da pressão arterial do mamífero.

','


A interação entre formigas e plantas retratado é um caso de relação ecológica do tipo mutualismo, onde ambos os relacionados obtém vantagem na interação ecológica . As plantas ficam livres de parasitas ou de ataque de herbivoros enquanto as formigas obtém seu alimento.

','


','


','



','


','


','


','


','


','


','


','


','


','


','


','


','


','


','


','


','


','


','


','


É dado que às 10h00 a porcentagem de bateria é de 100%, enquanto que às 16h00 a porcentagem é de 40%. O gráfico que representa a situação é de uma função afim, logo podemos afirmar que se em 6h a porcentagem reduziu em 60%, então em 3h a porcentagem se reduzirá em 30%. Enfim, se às 16h00 a porcentagem de bateria era de 40% então às 19h00 o nível de bateria atingiu 10%.
Obs: a questão também poderia ser feita utilizando-se lei de formação da função afim y = ax+b ou condição de alinhamento de pontos de Geometria Analítica ou semelhança de triângulos.

','


','


','


','


','


1. “We drink”
2. “We text”
3. “We doze” = cochilar = to sleep for a short period of time
5. “barreling around at high speeds”

','


“The cars use a mixture of 3D laser-mapping, GPS, and radar to analyze and interpret their surroundings”

','


“Traffic crashes are the primary cause of death worldwide for people aged 15-24”

','


3. Some of the scenarios autonomous vehicles have the most trouble with are the same human beings have the most trouble with, such as traversing four-way stops or handling a yellow light.
Despite the advantages over a human being in certain scenarios, however, these cars still aren’t ready for the real world
4. “so their max speed is 25 miles per hour”

','


“Google’s new fleet...”; “By turning self-driving cars…”

','


“Our brains are hardwired to treat inanimate (or animate) objects with greater care, caution, and reverence when they resemble a living thing.”

','


Dismiss = refuse; reject

','


“…one tragic accident and the public is going to lose their minds. There will be outrage. There will be politicizing. There will be hashtags.”

','


No primeiro parágrafo deixa claro o marcador temporal de quando a ação aconteceu situando o leitor no tempo sobre o caso ocorrido próximo ao momento presente. Ele cita “Como ahora estamos estremecidos por el caso de Diego (...) e depois continua “es un abominación tan espantosa que nos vamos a unir contra ello”.

','


Após relatar o caso recente de Diego, menciona que cinco meses antes aconteceu o mesmo assédio com Arancha em Madrid, diante de todos, porém ninguém fez nada “que además cometía estas brutalidades delante de numerosos testigos que jamás hicieron nada. Claro que tampoco hicimos mucho los demás, el Gobierno, las instituciones, los ciudadanos.”.

','


Ela compara os casos de assédios com a baleia arponeada porque quando algo trágico acontece tomamos as dores no momento, porém com o passar do tempo nos esquecemos e novas tragédias vão acontecendo: “Entonces nos rasgamos las vestiduras y se nos llenó la boca de buenos propósitos. Hasta que la gran ballena arponeada del acoso escolar se sumergió de nuevo bajo las aguas de nuestra indiferencia. Han pasado 12 años desde la tragedia de Jokin y aquí seguimos, enterrando niños”.

','


No texto menciona que todos nos indignamos com tais assédios, porém nada fazemos. “Claro que tampoco hicimos mucho los demás, el Gobierno, las instituciones, los ciudadanos.”.

','


Rocío comenta que uma das características comuns da maioria dos assediados é ter bom desempenho escolar. “Rocío está terminando Psicología: “Aprendí que el maltrato se origina sobre todo cuando un niño al que consideran discapacitado obtiene buenos resultados escolares, como yo”.

','


A opção número 1 na verdade menciona as classes A, B, C e D +. Se analisarmos ele não menciona uma classe específica. A opção 2 menciona que 54% dos homens e 46% das mulheres usam as redes sociais. A opção 3 foram entrevistados jovens entre 15 a 25 anos de idade, logo todos tem menos de 3 décadas de vida como menciona. A opção 4 menciona no infográfico que 30% usa para ter amigos.

','


Um dos sintomas que se detecta como viciado em redes sociais é não saber controlar a ansiedade caso não está conectado.

','


80% diz que é mais barato do que sair com alguém e gastar, por isso economiza e 78% diz que é mais cômodo se relacionar assim.

');

?>

$questao) {
?>

0){ ?>
style="display: none"

id="q">